Maneiras de tornar seu escritório doméstico um espaço produtivo

Com grandes corporações gastando bilhões em ambientes de escritório a cada ano, é hora de seguir o exemplo e levar seu escritório em casa e produtividade a um nível totalmente diferente.

Como um empreendedor em casa, o seu escritório é o lugar onde você passa a maior parte do seu tempo e, talvez mais importante, onde você realiza a maior parte do seu trabalho. Ainda assim, devido a isso, a maioria dos empreendedores negligencia até mesmo a possibilidade de atualizar ou melhorar o espaço de seu escritório doméstico além dos mínimos básicos de uma cadeira, escrivaninha e computador. Enquanto as grandes corporações gastam bilhões por ano em móveis, design e muito mais para oferecer a seus funcionários o melhor e mais produtivo ambiente de trabalho possível.

O que a maioria dos empreendedores não percebe é como é importante ter um bom ambiente de escritório doméstico para ser produtivo. Lembre-se do fato de que, como empreendedor em casa ou freelancer, seu principal recurso é você, garantir que esse recurso seja bem cuidado deve ser uma prioridade fundamental.

Você precisa de um espaço livre de notícias externas e distrações onde você possa estar no seu melhor e mais produtivo para maximizar sua produção. Isso não é um problema, mas aqui estão 10 maneiras de começar a fazer do seu escritório o melhor espaço produtivo.

Dedique um espaço para trabalhar e nada mais: Muitas vezes, o espaço do escritório doméstico é misturado com espaço privado ou é coberto com itens da sua vida privada. Isso adiciona um borrão entre o seu trabalho e a vida privada e pode colocá-lo em uma mentalidade muito menos produtiva. Para evitar esse problema, certifique-se de ter uma sala separada ou, no mínimo, um espaço distinto para o espaço do seu escritório, também limpe os objetos domésticos comuns e dedique o espaço exclusivamente para o trabalho. Desta forma, você terá uma distinção clara entre a sua vida em casa e no escritório.

Maximize a luz natural: Os seres humanos precisam de luz natural para enxergar com clareza, mas também para se manterem vivos. Ter uma fonte de luz natural é fundamental para sua saúde, motivação, humor e produtividade. Para certificar-se de que você está recebendo luz natural suficiente, coloque sua mesa no campo de luz da sala onde está trabalhando.

CONHEÇA OS TIPOS DE EMPREENDEDORISMO E SUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO IDEAIS

Um verdadeiro empreendedor possui uma série de características básicas, mas o tipo de empreendedorismo aplicado depende do contexto em que o projeto está inserido.

Ser um empreendedor não é exatamente uma profissão, mas um estilo de vida que consiste em uma maneira de enxergar o mundo e identificar suas oportunidades. Nesse sentido, o empreendedorismo é altamente valorizado nos dias de hoje, visto que o indivíduo que se arrisca a empreender pode atuar em diferentes campos, e não necessariamente precisa abrir seu próprio negócio. Continue lendo o texto para saber mais sobre o assunto, pessoa querida!

Quando falamos de empreendedorismo no Brasil, não é possível desprezar a sua relevância para o desenvolvimento econômico e social do País. Em tempos de crise, um dos aspectos mais relevantes para a caracterização do empreendedorismo brasileiro é a sua capacidade de geração de empregos, com forte ênfase no empreendedorismo de caráter individual, ou seja, o desenvolvimento de uma atividade empreendedora com objetivos de alcançar as condições materiais necessárias para si próprio e família ou a auto-ocupação.

De acordo com a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) produzida pela equipe do Instituto Brasileiro Qualidade e Produtividade (IBQP) com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), no último ano a taxa total de empreendedorismo foi de 36,4%.

Isso significa que de cada 100 brasileiros e brasileiras no período adulto (18 – 64 anos), 36 deles estavam conduzindo alguma via de empreendedora, quer seja na criação ou aperfeiçoamento de um novo negócio, ou na manutenção de um negócio já estabelecido. Incrível, não é mesmo? Em números absolutos isso representa dizer que é de quase 50 milhões o contingente de brasileiros que já empreendem e/ou realizaram, em 2017, alguma ação visando a criação de um empreendimento em um futuro próximo. Conte-me se você está entre esses brasileiros!

Para ter perfil empreendedor, a pessoa precisa ter como características principais:

Iniciativa e proatividade para mover a economia: em todas as suas atividades como empreendedor é preciso ter essas duas virtudes. Só assim você ganhará destaque e mostrará o quanto está engajado e quer crescer com o seu modelo de negócio. Agir é imprescindível para fazer os resultados aparecerem.

Empreendedorismo proporciona boas chances de lucro financeiro

O empreendedorismo é um caminho atraente para quem quer largar o emprego e assumir negócios que podem alavancar a satisfação financeira e pessoal. Ninguém quer apostar em um determinado ramo e perder, por isso, é importante avaliar qual o momento atual.

O profissional que está no mercado de trabalho precisa saber se as condições atuais não estão mais trazendo satisfação. Caso a vontade seja de mudança é importante começar a traçar planos para iniciar a transição de colaborador para empreendedor.

Ter uma renda maior e autonomia para tomar as próprias decisões é bem convidativo, mas não se deve esquecer que todo empresário sempre trabalha mais tempo do que quando tinha carteira assinada, então o ganho com o tempo precisa ser bem pensado.

Além da vida profissional é importante não deixar de lado a vida pessoal. Tirar um tempo de folga para aproveitar a família é essencial, descansar também faz parte de uma boa produtividade. Pessoas cansadas são mais vagarosas.

A hora certa para investir deve ser bem calculada pelo empresário. Um estudo do mercado irá ampliar a visão e dar mais capacidade na tomada de decisões em questões importantes.

O começo é sempre a parte mais difícil para um empreendedor, não é sempre que os lucros vêm imediatamente. Existe um tempo de espera importante para ter retorno do que foi investido, algumas franquias, por exemplo, levam de um ano a um ano e meio para darem retorno financeiro. Então é importante ter um dinheiro de reserva para cobrir os custos pessoais e empresariais, assim como imprevistos que podem surgir no meio do caminho.

As despesas também devem estar dentro do planejamento, ter noção dos recursos necessários para uma empresa também dará uma perspectiva maior da possibilidade do lucro.

Ter um suporte financeiro e de gestão como um contador é fundamental para a burocracia e o esclarecimento de dúvidas sobre o proceder empresarial em casos específicos.

Usufruir de todos os benefícios que uma empresa de sucesso tem é a recompensa para um trabalho realizado com ética e profissionalismo. O crescimento da empresa precisa se refletir na qualidade de trabalho dos funcionários.

Importância de desenvolver habilidades de liderança

O que faz um bom líder? A resposta varia muito dependendo de quem você pergunta, com os pesquisadores discordando sobre os componentes críticos de notícias que entram no chefe corporativo mais eficaz. Mas há traços que eles concordam, incluindo componentes de personalidade e habilidades adquiridas. Alguns acreditam que até mesmo a situação da liderança em si influencia a eficácia do líder.

Habilidades Importantes de Liderança. Comprometimento, determinação e perseverança – direcionando todos os aspectos da organização para um único propósito unificado.

Assumir o risco – quebrar convenções e desenvolver novos produtos e serviços para estabelecer o domínio do mercado (e possivelmente até criar um mercado único).

Planejamento – embora um líder normalmente não se envolva muito com os detalhes, ele deve orquestrar um plano de alto nível que direcione todos para o objetivo unificado.

Motivação – um líder eficaz deve ser capaz de encorajar contribuições de toda a organização, navegando pelos motivadores específicos de cada indivíduo ou grupo para pressionar os botões certos e inspirar os funcionários em todos os níveis a alcançar não apenas seu melhor pessoal, mas o melhor para a organização um todo e movimentar a economia.

Habilidades de comunicação que dependem da escuta ativa – muito mais do que apenas ser capaz de falar e escrever de forma persuasiva, as habilidades de comunicação de liderança incitam os outros a trabalhar em direção ao objetivo declarado, de acordo com o caminho escolhido pelo líder.

Possuir ou obter as habilidades necessárias para atingir com sucesso as metas de negócios – trazer um conhecimento exclusivo para a mesa ou adquiri-lo pessoalmente ou por meio de funcionários e outros subordinados.

O que torna essas habilidades individuais tão importantes?

Primeiro, uma distinção precisa ser feita: a diferença entre um líder e um gerente. Um líder é alguém que faz a coisa certa, enquanto um gerente faz as coisas direito. Ou, em outras palavras, a administração é uma ocupação, a liderança é um chamado.

Conforme abordado na lista acima, esse chamado exige uma visão única para o sucesso e as ferramentas necessárias para comunicar e implementar essa visão. O líder deve possuir um conjunto de convicções claramente definidas e a ousadia e habilidade para traduzir sua visão em realidade.

Estudos dizem que o Alzheimer está ligado a insônia e a uma bactéria na gengiva

Estudos recentes investigaram caminhos que levam ao entendimento e ao tratamento do Alzheimer, uma das principais doenças degenerativas que afetam o cérebro humano. Existem estimativas de que o Alzheimer já tenha afetado mais de 30 milhões de pessoas ao redor do mundo. A grande maioria das pessoas afetadas são idosos. O dois estudos observaram que a privação de sono e a presença de uma bactéria que vive na gengiva podem ser grandes influências para o surgimento da doença.

As notícias sobre os dois estudos foram divulgadas na revista Science em janeiro deste ano, sendo que o estudo sobre a influência do sono no surgimento da doença é de responsabilidade de David Holtzman, pesquisador da Universidade Washington, localizada em Saint Louis, Estados Unidos. Já a pesquisa sobre a Porphyromonas gingivalis, a bactéria investigada como uma das causadoras do Alzheimer, teve as investigações realizadas por Stephen Dominy, membro da empresa Cortexyme, com sede em São Francisco, Estados Unidos. O estudo sobre a bactéria pode ser visto em um periódico divulgado no Science Advances e também contou com a participação de vários pesquisadores, além dos dois já citados.

Os motivos que levam uma pessoa a desenvolver o Alzheimer estão sendo investigado por diversos estudiosos ao longo das últimas décadas. Recentemente, uma das hipóteses mais aceitas pelos pesquisadores é que a proteína tau (o mesmo que a letra ‘T’ em grego) pode estar ligada diretamente ao surgimento da doença. Essa proteína pode ser observada em grandes quantidades no interior dos neurônios, principalmente os saudáveis, mas um problema em sua estrutura pode afetar o neurônio que terá um déficit de sinapses.

No primeiro estudo sobre a privação do sono a relação com a proteína tau é observada com clareza. O estudo afirma que o estado de atividade constante de uma pessoa que não dorme como deveria tende a afetar a produção desta proteína nos neurônios. Já o segundo estudo que trata da presença da bactéria na gengiva humana como um dos fatores do surgimento do Alzheimer, relaciona uma toxina liberada pela bactéria como um dos causadores da morte de neurônios e da estrutura da tau.