Conheça mais sobre carreira e a vida da fashionista Donata Meirelles

Donata Meirelles, nascida no dia 7 de janeiro de 1969, é um dos grandes nomes do Brasil no que diz respeito ao mundo da moda. Sem atuar como estilista, mas sim com trabalho voltado para tendências e estilo, conseguiu adquirir grande know-how na indústria fashion do país.

A brasileira é filha de PG Meirelles, como é conhecido o jogador de Pólo, Plácido Gonçalves Meirelles, um dos primeiros a praticar o esporte no Brasil em 1949. Além de também ter ajudado a difundir o esporte em vários países da América do Sul, PG fundou o primeiro time brasileiro de Pólo, o Sam Martino.

Helena Bordon, filha do seu primeiro marido Pedro Bordon Neto, presidente do Helvetia Pólo Country Club, tem o perfil semelhante ao da mãe. Também envolvida com o universo da moda, Helena desempenha a função de influenciadora digital, já tendo participado de várias campanhas e estampado algumas capas de revistas. Por seguirem o mesmo caminho, mãe e filha desenvolveram juntas a grife 284. De seu primeiro casamento também nasceu José Irineu, 12 anos mais novo que sua irmã.

Seu segundo casamento com o empresário e publicitário Nizan Guanaes durou cerca de 7 anos. Após uma separação amigável, o casal se reaproximou e investiu em um novo namoro, sem descartar a possibilidade de reatar o matrimônio.

O ativismo social é baste presente em sua vida. Donata participa de muitas ações filantrópicas como eventos promovidos pela Brazil Fundation, que destina suas arrecadações para causas sociais do Brasil, pela ONG Amfar, que encaminha os recursos adquiridos para pesquisas sobre a Aids, e por outras entidades. Além disso, Donata é criadora da Women in the World, fundação esta que apoia várias ONGs, como as próprias Amfar e Brazil Fundation. Diante de sua ativa contribuição com as organizações, Meirelles foi homenageada algumas vezes e premiada, em 2014, pela Amfar por sua “defesa pública” em prol das pessoas portadoras de Aids e HIV.

Donata Meirelles está no segmento de moda há mais de 30 anos. Sua história de sucesso rendeu prêmios e reconhecimentos ao longo de sua trajetória. Um dos reconhecimentos por sua dedicação foi o Troféu iG Moda de Fashionista, recebido em 2011. Outro destaque que recebeu por seus anos de atuação e bom desempenho profissional foi ter aparecido no ranking da Forbes entre as mulheres mais poderosas do Brasil. Nesse ranking foram selecionadas 40 mulheres que estando à frente de negócios conseguiram se sobressair ante as suas elevadas performances profissionais.

Foi enquanto estudava economia que Donata mergulhou no universo da moda. Ainda como cliente, Meirelles recebeu o convite para trabalhar na famosa butique Daslu. Depois de um tempo trabalhando como vendedora no luxuoso magazine decidiu parar a faculdade para se dedicar exclusivamente ao segmento fashion. No decorrer dos 23 anos em que esteve na butique de luxo tornou-se a compradora internacional das mais renomadas marcas do mundo. Essa função a conduziu ao reconhecimento mundial que rendeu uma indicação para o ranking de classificação dos 5 melhores compradores internacionais através da L’officiel, uma revista francesa de moda.

Apesar de ter sido o braço direito no gerenciamento da butique apelidada de “Templo do Luxo” e “Meca dos Estilistas”, onde chegou a coordenar cerca de 400 colaboradores, a ex-diretora da Daslu faz questão de ressaltar que nunca foi sócia. Sua ampla rede de contatos criadas por suas atividades exercidas permitiram que Donata chegasse a comparecer em 8 desfiles ocorridos em vários países.

Depois de se manter por um período longe do mercado de trabalho, para se recuperar do desgaste profissional vivido na Daslu, em 2011, Donata Meirelles ingressou em um projeto bastante desafiador. Daniela Falcão, diretora-geral da Globo Condé Nast, foi a responsável por convidar Donata para assumir a função de diretora de Estilo na revista Vogue, cargo, até o momento, inexistente no Brasil.

Mesmo sem ser jornalista, Donata conseguiu desempenhar a função de modo bastante satisfatório devido a sua vasta expertise no universo da moda. De acordo com sua opinião, ser uma diretora de Estilo representa contribuir com a visão da marca com novas ideias e abordagens para o alcance do sucesso da revista. Segundo o seu entendimento, a sua missão era cooperar com a revista por meio de uma ótica diferente, ou seja, oferecer um “olhar de leitora”.

Com o objetivo de gerar receita para a marca, a paulistana aceitou o grande desafio de “pensar fora da casinha” e, juntamente com uma equipe de profissionais, seguiu em um ousado projeto de eventos onde palestras e ações eram realizadas em diferentes cidades brasileiras. Além de diretora de Estilo, Donata Meirelles também exerceu a função de apresentadora do programa “Quero Já”, da TV Vogue.

Após uma forte polêmica que rendeu grande repercussão na mídia por um caso ocorrido em sua vida pessoal, Donata se desligou da empresa entre os meses fevereiro e março de 2019.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *