Donata Meirelles reporta o lançamento da coleção de lingerie voltada às mulheres maduras

Uma linha de lingerie foi lançada exclusivamente para atender consumidoras com mais de 60 anos, informa Donata Meirelles. A responsável por tal criação foi Helena Schargel, uma estilista de 79 anos. Além de ter idealizado todas as peças que foram apresentadas, a profissional atua como modelo para suas criações. Uma parceria com a marca Recco possibilitou com que os planos de Helena se concretizassem.

O que se buscou, segundo a própria estilista, foi a união de modelagens sensuais com materiais que gerassem grande conforto às mulheres dessa faixa etária. A criação da coleção de lingerie, conforme destaca Helena, também exerce um papel social em se tratando das mulheres mais maduras. Ela faz questão de mencionar que se trata de um ato de empoderamento feminino empreender para ajudar com que este público consiga ter maior visibilidade por parte da indústria têxtil e da sociedade como um todo.

As peças em modelagens sensuais caíram no gosto do público, destaca a empreendedora Donata Meirelles. Em relação à estilista, pode-se dizer que Helena tem habilidades profissionais variadas. Dentre as atividades que já realizou estão aquelas desenvolvidas no mundo da moda, bem como no da gastronomia. A estilista e empresária, antes de criar a coleção em questão, optou por tirar uma espécie de período sabático. Enquanto esteve ausente do trabalho, ela explica que aproveitou o tempo para realizar alguns cursos. Em um dado momento, contudo, sentiu que era hora de voltar à ativa.

Um encontro com algumas mulheres com idades acima de 50 anos, de acordo com Helena, a teria inspirado quanto a criar a coleção mencionada. A estilista enfatiza que a ideia ocorreu tão rápido quanto seu ímpeto para concretizá-la. No dia seguinte, após ter pensado sobre o assunto, ela entrou em contato com a empresária responsável pela empresa Recco, que atua com a confecção de peças de lingerie.

A coleção elaborada por Helena tem agradado em virtude dos modelos das peças que valorizam o corpo da mulher que chegou à maturidade. Donata Meirelles pontua, contudo, que a satisfação das clientes não se limita à beleza dessas peças, já que o fato da estilista posar para as fotos também é visto como algo positivo para se valorizar tais mulheres. A empresária do ramo de lingerie preferiu não adotar nenhum tipo de tratamento em suas fotos, já que desejou imprimir naturalidade às imagens.

A estilista é conhecida dentro do circuito fashion pelo fato de ter liderado a gestão da empresa têxtil Berlan durante mais de 4 anos. Sua área de maior atuação era a que cuidava do estilo das peças produzidas. Paralelamente a este trabalho ela também se dedicava a um restaurante, menciona Donata Meirelles.

Chamada de “+60” a linha criada por Helena conseguiu alcançar mulheres de estilos variados. A vontade de criar algo que fosse novo no mundo da moda apareceu após a estilista ter decidido deixar o trabalho junto à Berlan, Assim como as vendas presenciais, a coleção também tem se destacado em função da divulgação feita por meio das redes sociais da atualidade.

Donata Meirelles e outras 7 mulheres escolhidas pela Forbes entre as mais influentes

Na lista de 2017 divulgada pela Forbes Brasil, a revista preparou um perfil com as mulheres mais poderosas e de grande influência do país. Conheça a seguir 8 mulheres que estão presentes nessa lista e um pouco mais sobre suas trajetórias profissionais.

– Donata Meirelles

Referência em moda no país, Donata Meirelles trabalhou por quase 30 anos na Daslu, a princípio como vendedora da loja, mas sua simpatia e conhecimento em moda a levaram a ser promovida, até alcançar o posto de responsável pela seleção das marcas internacionais que seriam vendidas na loja, o que ampliou ainda mais a sua visão e entendimento sobre esse meio. Depois de sair da Daslu e tirar um breve período sabático, Donata Meirelles retornou ao mundo da moda como editora de estilo da Vogue, aceitando um convite de prestígio recebido da direção-geral da Globo Condé Nast, que comanda as operações da revista no Brasil.

 

– Eliane Cantanhêd

Jornalista firmada na UnB, Eliane Cantanhêde já passou pela redação de locais como “Jornal do Brasil”, “Veja” e “Folha de S.Paulo”, até passar a integrar o time de jornalistas que entram ao vivo no programa “Em Pauta”, da “GloboNews”, em 2011. Com tanta experiência na área, não é se espantar que o nome de Eliane tenha alcançado o Top 50 “Jornalistas Brasileiros +Admirados” de 2014 e de 2015, segundo um levantamento feito pela “Maxpress”. Ainda entre os prêmios recebidos, a jornalista também venceu em 2016 e 2017 o Troféu Mulher Imprensa, por seu trabalho como colunista.

– Fiamma Zarife

Uma das mulheres mais poderosas por trás do Twitter Brasil, Fiamma Zarife faz parte da equipe que administra a rede social desde 2015, e possui um interesse especial por tecnologia e startups desde que cursou uma especialização nos Estados Unidos, na Singularity University. Depois de começar como diretora de agências, a executiva foi promovida para o cargo de diretora-geral em 2017, e desde então atua no fortalecimento da relação da companhia com os seus anunciantes.Para estimular a crescimento da empresa nos dias de hoje, Fiamma acredita no poder da modernização na gestão, investindo assim na diversidade e na igualdade dentro do Twitter.

– Lara Brans

Há mais de 20 anos, Lara Brans entrou pada a JDR, uma multinacional de origem holandesa que está entre as líderes do mercado global na venda de chás e cafés. Com formação no curso de economia pela Universidade de Roterdã, Lara passou muitos anos no cargo de diretora regional da empresa na Austrália, até retornar para o Brasil em 2015, para gerenciar as operações da companhia do país, a qual é a proprietária de marcas de prestígio nesse ramo, como Pilão e Caboclo. Segunda maior empresa do Brasil no setor, com quase 20% do total desse mercado, a executiva exerce um papel estratégico, além de comandar mais de 1.500 funcionários e nada menos que três grandes fábricas espalhadas pelo Brasil.

– Luiza Helena Trajano

Atual presidente do conselho administrativo do Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano é um dos nomes por trás de uma das maiores redes varejistas do país. Com lucros cada vez maiores a cada trimestre, o Magazine Luiza conseguiu driblar e crise e manter a sua atratividade para os clientes. Mas além dos bons resultados financeiros, Luiza também comemora o sucesso do grupo “Mulheres do Brasil”, criado por ela em 2013, o qual reúne dezenas de executivas de diversos segmentos da economia, e atua em conjunto com ONGs e instituições sem fins lucrativos que prestam auxílio as mulheres vítimas de violência, e também promovem o acesso a educação, saúde e cultura para jovens mulheres.

– Mônica Orcioli

Nos anos em que está na direção-geral da joalheria Swarovski na América Latina, Mônica Orcioli conseguiu triplicar os negócios da marca no país, mesmo em um período complicado e de recessão. Segundo ela, não existe segredo para os bons resultados, e sim um extenso planejamento desenvolvido por toda a equipe, a qual deve estar apta para lidar com qualquer cenário econômico. Além da formação acadêmica na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), Mônica também é formada em balé clássico pela Royal Academy, e credita ao balé a sua disciplina e capacidade de tomar decisões rapidamente.

– Paula Bellizia

Após uma passagem pela Microsoft Brasil no início dos anos 2000, no cargo de gerente de vendas, Paula Bellizia passou por grandes empresas como Apple e Facebook, antes de retornar para a companhia responsável pelo sistema Windows há alguns anos, na função de CEO da empresa no Brasil. Com uma gestão que valoriza especialmente o conhecimento, Paula lidera a Microsoft em um momento de grandes transformações, em que a gigante em tecnologia está se expandindo para novos rumos, como inteligência artificial e serviços de armazenamento de dados na nuvem, com o intuito de demonstrar ao mercado que a empresa não está estagnada e pode se adaptar as novas demandas tecnológicas dos usuários

– Paula Paschoal

Como atual diretora-geral do Paypal no Brasil, Paula Paschoal vive e respira inovação, tendo assumido um importante cargo de direção na companhia de pagamentos desde que a mesma entrou no país, em 2010. Com foco no aumento das vendas feitas em esfera digital, o Paypal enxerga um imenso potencial no público brasileiro, e tem tudo para se tornar uma das principais formas de pagamento online, algo que Paula e sua equipe, a qual é formada igualmente por homens e mulheres em cargos de liderança, trabalham de forma incessante para alcançar.

Conheça os eventos beneficentes que Donata Meirelles ajuda

Donata Meirelles é sempre vista em eventos de gala, contribuindo para causas sociais importantes, doando ou adquirindo itens em leilões beneficentes. Conheça alguns desses eventos, das instituições e um pouco mais da trajetória dessa diva.

Baile da Amfar

Realizado na mansão de Dinho Diniz em São Paulo, a edição brasileira do baile de gala da Amfar estava recheada de celebridades, que ajudaram a instituição sem fins lucrativos que atua no fomento de pesquisas para a cura da Aids. Entre os famosos presentes estavam Bruna Marquezine, Rodrigo Faro, Sabrina Sato, Cauã Reymond, Kate Moss, Mariana Weickert, Naomi Campbell, Lea T. e muitos outros.

Os leiloeiros da noite foram o marido de Donata, Nizan Guanaes e a atriz americana Sharon Stone, que chegou na festa em um carro blindado e com muitos seguranças. O maior lance da noite foi feito pela apresentadora Sabrina Sato, que adquiriu um quadro do artista plástico Vic Muniz por 120 mil dólares. Donata também não ficou para trás e arrematou um item por 50 mil dólares.

Os presentes estavam bem generosos e a Amfar arrecadou cerca de 3 milhões de dólares que serão direcionados a pesquisas e projetos de afirmação para portadores do vírus HIV. A associação Viva Cazuza foi uma das instituições beneficiadas e recebeu parte desse valor que foi arrecadado no evento.

Criada na década de 80, a Amfar Fundação para a Pesquisa da Aids é uma entidade internacional dedicada ao apoio à pesquisa relacionada a Aids, bem como a prevenção do HIV, educação a respeito do tratamento, políticas públicas e inserção de soropositivos na sociedade.

Baile da BrazilFoundation

Donata Meirelles também é presença cativa nas noites de gala da BrazilFoundation. Ela esteve presente nas duas últimas edições, de 2017 e 2018, ambas realizadas na Casa Fasano. A BrazilFoundation é uma ong que promove uma série de ações sociais em todo o país.

Na edição de 2017 o tema foi Educação e teve como homenageados Claudio Haddad, do INSPER, e Eduardo Lyra, do Instituto Gerando Falcões. Claudio Haddad fundou e é o presidente do Conselho do INSPER, um instituto educacional sem fins lucrativos. Já Eduardo Lyra é escritor, jornalista, roteirista e filantropo, fundador Instituto Gerando Falcões. Na ocasião também foi comemorada a campanha da Abrace o Brasil.

Entre os presentes estavam Flávio Canto e Alice Bento, Oliver Hugues, Jeff Ares, Daniele Falcão, Flávio Alessandra, Preta Gil e muitas outras celebridades. A edição arrecadou pouco mais de 1 milhão de reais.

Já a edição de 2018 contou com Fernanda Gentil e Jonathan Azevedo como leiloeiros. Os homenageados foram José Olympio Pereira e Anna Schvartzmann, que emocionaram a plateia com seus discursos. Eles falaram sobre a necessidade das pessoas se ajudarem e o impacto que um só indivíduo pode fazer no mundo.

Muitos famosos contribuíram com o leilão como Renata Queiroz, José Ermírio de Moraes, Elen Capri, Alexandre Birman, entre outros. O valor arrecadado entre o leilão e os convites que custaram a partir de R$ 3 mil somou a quantia de 800 mil reais, destinados às ações socioculturais da BrazilFoundation. A ong não custeou a festa, cujos custos foram da co-host da noite, a marca de acessórios Chanel.

Quem é Donata Meirelles?

É um dos nomes mais conhecidos da moda de luxo nacional. Donata ganhou notoriedade quando trabalhou na boutique Daslu, a qual ela dedicou mais de 23 anos. Começou como vendedora, passou para o cargo de diretora em que era responsável por trazer as marcas internacionais que eram vendidas no país após o governo permitir as importações.

Pela Daslu, Donata teve que viajar pelo mundo para comparecer aos principais eventos de moda, como o Paris Fashion Week. Em algumas ocasiões, eram 8 viagens anuais e muitas delas eram acompanhadas pela filha mais velha, Helena Bordon. Donata também era responsável por definir as ações de mais de 400 colaboradores da empresa.

Donata tem mais de 30 anos atuando no mercado da moda. Pouco depois de sair da Daslu, aceitou o convite de Daniela Falcão (diretora da Globo Condé Nast) para a função de diretora de estilo na versão brasileira da Vogue. Apesar de não ter formação em Comunicação, Donata se saiu bem na nova função, que segundo ela, traz um olhar de leitora à publicação.

Em entrevista para Forbes ela afirmou que mergulhou de cabeça nos eventos promovidos pela Vogue. Para isso, alguns profissionais da revista percorrem o país promovendo ações, palestras, entre outros eventos ligados a moda. O intuito é gerar receita por meio da força que a marca possui.

Um desses eventos foi realizado em Goiânia e a receptividade do público foi muito boa. Eram mais de 70 mil presentes em um só dia de evento e os lojistas que participaram com ações promocionais paralelas obtiveram bons resultados. O lucro só não foi maior que o registrado na melhor data para o comércio, o natal.

 

Donata Meirelles noticia sobre os principais trends de moda da SPFW

Com o encerramento da 47ª edição da São Paulo Fashion Week, já é possível identificar quais foram as principais tendências desfiladas nas passarelas do evento, e que devem chegar em breve às ruas para a próxima coleção de primavera-verão, informa Donata Meirelles. Saiba a seguir que trends são esses e como incorporá-los ao guarda-roupa.

Cores neon

Muitos chegaram a apostar que a moda do neon seria algo passageiro, mas não é isso que tem sido visto nas passarelas, tanto da SPFW como em outras semanas de moda ao redor do globo. Para a temporada de primavera-verão 2019/20, os tons em neon, principalmente o rosa e o laranja, foram bastante vistos durante os desfiles de várias grifes. Essa tendência apareceu tanto em alguns detalhes do look, como também sendo o elemento principal das produções. De acordo com os designers, a grande vantagem do neon é que essas cores conseguem iluminar o look, algo que conversa muito bem com o verão.

Metalizado

Apesar de ser mais comum no outono-inverno, muitas grifes resolveram apostar em trazer o metalizado também para assuas coleções de primavera-verão. Vista de forma versátil, tanto para personalizar peças de couro, como também em itens de moda praia, a tendência do metalizado chamou bastante atenção ao longo dos desfiles da São Paulo Fashion Week. Para isso, os estilistas utilizaram fios dourados e prateados nas peças, trazendo um toque de brilho e glamour, tanto em produções mais informais do dia a dia, como para looks noturnos.

Paetês e canutilhos

As peças com um toque mais delicado e artesanal foram outro grande destaque da semana de moda paulista. No desfile da grife Fabiana Milazzo, por exemplo, a aposta foram os bordados feitos de paetês e canutilhos de diversas cores diferentes, os quais deram um charme adicional aos vestidos de festa, tornando-os ainda mais elegantes, noticia Donata Meirelles. Para seguir a linha mais sustentável que dominou as passarelas esse ano, a grife escolheu tecidos e aplicações ecologicamente amigáveis.

Looks esportivos

Essa é uma tendência que já está em alta há algumas temporadas, e que na atual coleção promete vir com tudo. Os itens de estilo esportivo, como calças, moletons e tênis de corrida, foram muito utilizados nos desfiles da São Paulo Fashion Week por diferentes grifes. No caso das roupas, as mesmas foram apresentadas com tecidos que contam com tecnologia esportiva, os quais garantem uma modelagem mais ajustada ao corpo, combinando o casual com o moderno de forma perfeita. Já os tênis, estes apareceram em modelos coloridos e vibrantes, os quais combinaram perfeitamente com as produções monocromáticas apresentadas nos desfiles.

Peças assimétricas

A assimetria proposital nos looks também parece ser uma forte tendência para a coleção de primavera-verão, uma surpresa para muitos dos que estavam presentes na SPFW. Mesmo sendo algo mais comum na temporada mais fria do ano, os designers souberam criar recortes e sobreposições assimétricas que deram um ar mais moderno e cosmopolita para as produções de verão. As peças em tamanho maior, que são conhecidas pela expressão “oversized”, também apareceram bastante, com o intuito de conceder mais volume e estilo aos looks.

Tons de rosa

Eleita por alguns veículos internacionais como a cor do ano em 2019, o rosa coral foi possivelmente a cor mais vista nas passarelas da São Paulo Fashion Week. A tonalidade apareceu tanto como protagonista de algumas produções, em looks mais monocromáticos, incluindo os acessórios, bolsas, lenços e óculos, ou ainda nos detalhes das estampas desfiladas em várias grifes, reporta Donata Meirelles. Mas além do rosa coral, outros tons de rosa também foram destaque, desde o rosa candy, mais romântico e delicado, até o rosa pink, conhecido por ser mais chamativo e moderno.

Babados

Os babados surgiram como uma importante tendência durante a São Paulo Fashion Week, sendoutilizados para tornar os looks mais femininos e delicados. Além de aparecer em saias, vestidos e peças mais refinadas, esse trend se destacou especialmente nos itens de alfaiataria. Seja para usar no escritório ou no dia a dia, em looks de streetstyle, a alfaiataria é algo que está em alta já há algum tempo, e para a primavera-verão, o seu diferencial são justamente as peças com camadas de babados nas manga, especialmente, como o que foi visto nas passarelas da grife Lilly Sarti.

Modelagens com fluidez

Para o próximo verão, as grifes brasileiras demonstraram que a grande aposta são as peças de tecidos leves e fluidos, que além de confortáveis, facilitam o movimento e trazem mais elegância ao look, informa Donata Meirelles. Na São Paulo Fashion Week, muitas marcas investiram nessa tendência e provaram que é possível manter a sensualidade e o estilo em alta com roupas que não marcam tanta a figura feminina. Desse modo, os itens mais apertados e ajustados ao corpo provavelmente irão ficar de fora do guarda-roupa das fashionistas durante os próximos meses.

Couro reinventado

Enquanto no outono-inverno o couro é figura certa em jaquetas e calças, esse ano a coleção de primavera-verão também decidiu incorporar esse trend, mas de uma forma nova e diferenciada. Nos desfiles de várias grifes que passaram pela semana de moda paulista, o couro surgiu em shorts, saias e até mesmo camisas, de uma forma mais leve e descontraída, com recortes modernos, detalhes estampados e uma cartela de cores mais variada, em contraste aos tons neutros como preto e marrom que costumam imperar durante a época mais fria do ano.

Como criar um website

Ter um site é mais importante do que nunca para você, seus novos negócios ou seu projeto, é toda a sua imagem profissional e portal para o mundo em um só. Certificar-se de que apresentar a imagem certa e comunicar-se efetivamente com seus clientes é fundamental para o sucesso a curto e longo prazo. O problema surge quando você começa a pensar em como configuro esse site? Você google o termo e cerca de seis posts com conselhos duvidosos, e links afiliados em toda parte virá para cima. Felizmente, dedicamos um tempo para escrever um guia simples e fácil para criar um site profissional de maneira econômica e rápida.

  1. Compre um nome de domínio. Um nome de domínio é o endereço da web / URL localizado na barra superior geralmente de qualquer navegador, pense nisso como o seu endereço na internet! Com 99% de todos os bons nomes de domínio obtidos, você precisa ser um pouco criativo quando encontrar um nome de domínio que possa comprar e tomar uma decisão. Os domínios são essenciais para criar confiança com seu público / clientes, por isso vale a pena levar algum tempo. Aqui estão algumas dicas:

Esteja preparado para passar alguns dias, pelo menos, procurando um domínio adequado

O nome da sua empresa provavelmente será levado, seja criativo / flexível com as palavras ou até mesmo mude o seu nome, ou seja, Fiverr

Esteja ciente de que você pode não encontrar o nome da sua empresa com uma extensão normal, ou seja, .com, .co.uk…

Você geralmente fica preso a ela por toda a vida da sua empresa, porque alterá-la pode ser desastroso para a sua visibilidade nos mecanismos de pesquisa.

Existem muitos tipos de extensão de domínio, sendo os dois mais populares o TLD e o ccTLD.

Use um construtor de sites de notícias (opcional). Se o tempo for essencial e você quiser evitar qualquer configuração técnica, poderá ignorar todas as etapas abaixo e, em duas horas, ter um site ativo com tudo configurado usando um criador de sites. Um construtor de sites é um software que permite rapidamente que qualquer pessoa crie um site com pouca ou nenhuma experiência técnica, cuida da maioria das coisas para você e permite que você configure tudo com facilidade. Se você precisa apenas de um site simples de 4/5 páginas, esta é provavelmente uma boa opção para economizar tempo, mas você será cobrado uma taxa mensal ou anual. Alguns dos provedores mais proeminentes são Wix, 1 & 1… (Se o seu e-commerce, o Shopify deve ser a única consideração, mas ainda melhor o seu site!)

CONHEÇA OS TIPOS DE EMPREENDEDORISMO E SUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO IDEAIS

Um verdadeiro empreendedor possui uma série de características básicas, mas o tipo de empreendedorismo aplicado depende do contexto em que o projeto está inserido.

Ser um empreendedor não é exatamente uma profissão, mas um estilo de vida que consiste em uma maneira de enxergar o mundo e identificar suas oportunidades. Nesse sentido, o empreendedorismo é altamente valorizado nos dias de hoje, visto que o indivíduo que se arrisca a empreender pode atuar em diferentes campos, e não necessariamente precisa abrir seu próprio negócio. Continue lendo o texto para saber mais sobre o assunto, pessoa querida!

Quando falamos de empreendedorismo no Brasil, não é possível desprezar a sua relevância para o desenvolvimento econômico e social do País. Em tempos de crise, um dos aspectos mais relevantes para a caracterização do empreendedorismo brasileiro é a sua capacidade de geração de empregos, com forte ênfase no empreendedorismo de caráter individual, ou seja, o desenvolvimento de uma atividade empreendedora com objetivos de alcançar as condições materiais necessárias para si próprio e família ou a auto-ocupação.

De acordo com a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) produzida pela equipe do Instituto Brasileiro Qualidade e Produtividade (IBQP) com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), no último ano a taxa total de empreendedorismo foi de 36,4%.

Isso significa que de cada 100 brasileiros e brasileiras no período adulto (18 – 64 anos), 36 deles estavam conduzindo alguma via de empreendedora, quer seja na criação ou aperfeiçoamento de um novo negócio, ou na manutenção de um negócio já estabelecido. Incrível, não é mesmo? Em números absolutos isso representa dizer que é de quase 50 milhões o contingente de brasileiros que já empreendem e/ou realizaram, em 2017, alguma ação visando a criação de um empreendimento em um futuro próximo. Conte-me se você está entre esses brasileiros!

Para ter perfil empreendedor, a pessoa precisa ter como características principais:

Iniciativa e proatividade para mover a economia: em todas as suas atividades como empreendedor é preciso ter essas duas virtudes. Só assim você ganhará destaque e mostrará o quanto está engajado e quer crescer com o seu modelo de negócio. Agir é imprescindível para fazer os resultados aparecerem.

Empreendedorismo proporciona boas chances de lucro financeiro

O empreendedorismo é um caminho atraente para quem quer largar o emprego e assumir negócios que podem alavancar a satisfação financeira e pessoal. Ninguém quer apostar em um determinado ramo e perder, por isso, é importante avaliar qual o momento atual.

O profissional que está no mercado de trabalho precisa saber se as condições atuais não estão mais trazendo satisfação. Caso a vontade seja de mudança é importante começar a traçar planos para iniciar a transição de colaborador para empreendedor.

Ter uma renda maior e autonomia para tomar as próprias decisões é bem convidativo, mas não se deve esquecer que todo empresário sempre trabalha mais tempo do que quando tinha carteira assinada, então o ganho com o tempo precisa ser bem pensado.

Além da vida profissional é importante não deixar de lado a vida pessoal. Tirar um tempo de folga para aproveitar a família é essencial, descansar também faz parte de uma boa produtividade. Pessoas cansadas são mais vagarosas.

A hora certa para investir deve ser bem calculada pelo empresário. Um estudo do mercado irá ampliar a visão e dar mais capacidade na tomada de decisões em questões importantes.

O começo é sempre a parte mais difícil para um empreendedor, não é sempre que os lucros vêm imediatamente. Existe um tempo de espera importante para ter retorno do que foi investido, algumas franquias, por exemplo, levam de um ano a um ano e meio para darem retorno financeiro. Então é importante ter um dinheiro de reserva para cobrir os custos pessoais e empresariais, assim como imprevistos que podem surgir no meio do caminho.

As despesas também devem estar dentro do planejamento, ter noção dos recursos necessários para uma empresa também dará uma perspectiva maior da possibilidade do lucro.

Ter um suporte financeiro e de gestão como um contador é fundamental para a burocracia e o esclarecimento de dúvidas sobre o proceder empresarial em casos específicos.

Usufruir de todos os benefícios que uma empresa de sucesso tem é a recompensa para um trabalho realizado com ética e profissionalismo. O crescimento da empresa precisa se refletir na qualidade de trabalho dos funcionários.

O que são empresas unicórnio?

No Brasil e no mundo, com as inúmeras inovações tecnológicas e mudança na forma de consumir, alguns negócios, os chamados unicórnios, estão cada vez mais entre as mais poderosas e inovadoras empresas. Geralmente, empresas modelo startups, são empresas que valem muito e com crescimento em curto prazo. Atualmente, temos algumas empresas promissoras, como a Nubank, um banco digital, que já movimentou milhões, não é novidade que a internet é um excelente aliado para os negócios, são eles de todos os ramos e setores, um local democrático que possibilita o desenvolvimento e baixo investimento por parte dos empresários, tudo em um clique, inclusive no momento de pedir uma comida, existem aplicativos que facilitam o dia a dia das pessoas.

Ter uma boa ideia não é suficiente, é necessário ter em mente, que planejar é essencial para o negócio, mas nos casos dessas empresas, ter uma ideia inovadora e revolucionária é um diferencial. Além de ter o planejamento e uma boa ideia, outro ponto importante é estar sempre antenado com as tendências e possibilidades, ver na necessidade do outro uma oportunidade infinita, e não se prender na ilusão de que quem cresce conta apenas com a sorte, estudar e ter todos os passos definidos e bem calculados são essenciais.

O Brasil, é referência quando o assunto é criatividade, nunca em outros tempos, o jovem poderia sonhar em abrir um negócio, caso não tivesse um capital para início, hoje não é tão assim, se o jovem ou até pessoas com mais idade, possuírem interesse e uma ideia inovadora, fazer algo é mais palpável e possível, com o acesso à internet por um numero maior de pessoas, a informação chega mais rápido, aguçando ainda mais a cultura de fazer coisas criativas, as vezes até inusitadas, mas funcionais e transformadoras. Construir, criar, gerir e empreender são o sonho dourado dos jovens e com as mais possíveis rotas, isso é uma feliz realidade.

Flavio Maluf’s Realizações profissionais

 

Flavio Maluf é um homem de negócios reconhecido que estudou na Fundação Armando Alvares Penteado, onde se formou em Engenharia Mecânica. Flávio tinha um histórico que apoiava o fato de que seus pais eram ricos, especialmente seu pai, que era político e ainda um homem de negócios. Flávio não considerou isso como um meio de sobrevivência, mas decidiu estabelecer seus empreendimentos, embora fossem ricos.

 

Flavio Maluf havia se interessado por negócios e decidiu seguir um curso de negócios, embora também tivesse se formado em engenharia. Depois de ganhar algumas habilidades necessárias em marketing, Flavio assumiu e se tornou o líder de seus negócios familiares. Como um conselho para outras pessoas que buscam ingressar no mundo dos negócios, Flavio diz que os indivíduos devem abordar os negócios com cautela. Visite dino.com para saber mais

 

Ele afirma ainda que muitas pessoas pensam em possuir um negócio, e esperam trabalhar menos e ganhar mais, mas esse não é o caso. Todos os envolvidos na empresa devem participar ativamente do mercado para crescer e se tornar bem sucedido. A quantidade de capital necessária também é uma preocupação significativa, mas isso não deve ser um problema, porque há uma existência de muitos empreendimentos por aí que não exigem uma quantidade significativa de capital para começar.

 

Flavio Maluf iniciou sua própria empresa, que se chamava Eucatex . Pegou emprestada a idéia de começar o empreendimento com seu bisavô que tinha uma serraria. A empresa usa principalmente eucaliptos, daí o nome Eucatex. A empresa tem se concentrado principalmente na produção de produtos ecologicamente corretos que foram certificados e atendem às necessidades dos consumidores.

 

Impostos altos também representam um desafio para os negócios, mas Flavio tem conseguido usar táticas que fazem com que a empresa continue se desenvolvendo e ainda possa pagar pelos impostos relevantes. A empresa também recebe reconhecimento participando de eventos de patrocínio e projetos esportivos que beneficiam principalmente as comunidades ao seu redor. Impostos regionais também são impostos às empresas, e isso visa principalmente desenvolver as regiões onde as empresas estão localizadas, para que possam crescer mais. Flavio Maluf conseguiu progredir bem nos negócios graças à Eucatex.

Felipe Montoro Jens informa sobre reunião de alto nível do Banco Interamericano de Desenvolvimento

 

Em março de 2018, o Banco Interamericano de Desenvolvimento realizou uma Reunião Especial dos Governadores. Este encontro teve lugar em Mendoza, na Argentina, e alguém que se especializou em projetos de infra-estrutura, Felipe Montoro Jens estava à disposição para relatar o que foi discutido e as conclusões a que chegaram. Ele disse que um dos destaques foi Dyogo Oliveira, o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, enfaticamente enfatizou que o investimento privado em projetos de infraestrutura em seu país, o Brasil, foi fundamental para a realização desses tipos de projetos. Ele enfatizou particularmente que os governos precisavam implementar mecanismos de garantia financeira para conseguir que entidades privadas investissem nesses tipos de projetos.

 

Empresário Felipe Montoro Jens.

 

Luis Caputo também participou desta reunião. Ele é ministro das finanças da Argentina. Ele também lidera o Conselho de Governadores do Banco como seu presidente. Ele concordou com Dyogo Oliveira de acordo com Felipe Montoro Jens. Ele diz que Oliveira também argumentou que a revolução da Indústria 4.0 já estava a caminho. Ele disse que é muito importante construir estradas e melhorar o saneamento na América Latina. No entanto, é igualmente importante construir uma infra-estrutura moderna, necessária para que essa revolução ocorra e faça avançar as economias desses países.

 

Felipe Montoro Jens diz que as pessoas que se encontram nesta conferência acreditam que deve haver conectividade muito melhor entre os países que compõem a América Latina. Eles devem convergir sua infraestrutura para que tudo funcione de maneira mais eficiente. Atualmente não há o suficiente sendo feito em relação a isso, que está segurando esta região do mundo de volta. Luis Alberto Moreno é o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento. Ele argumentou que, sem o necessário desenvolvimento de infra-estrutura, não haveria como superar os obstáculos que impedem o crescimento.

 

Eles terminaram a reunião falando sobre como as Parcerias Público-Privadas (PPPs) estão sendo usadas em todo o Brasil para construir projetos de obras públicas com bons resultados. Olhando para toda a América Latina, assim como para o Caribe, disseram que cerca de 1.000 desses projetos de PPP totalizam cerca de US $ 360 bilhões em investimentos. Leia Felipe em suas próprias palavras no Twitter.