Compromisso é a melhor ferramenta para combater o spam

Os fornecedores de caixas de correio estão constantemente tentando criar mecanismos que distingam claramente os remetentes de spam dos profissionais de marketing que em suas atividades confiam no conceito de marketing de permissão. Todos esses esforços visam garantir que nossas caixas de entrada contenham apenas notícias valiosas e interessantes.

Infelizmente, não existe uma definição única de SPAM – Cada um de nós conhece a definição de SPAM no dicionário e muitos leitores provavelmente também aprenderam as condições legais associadas a esse termo. No entanto, para a maioria dos provedores de correio gratuitos, especialmente os estrangeiros, não existe uma definição consistente de SPAM. De fato, a caixa de correio de cada destinatário cria sua própria definição de SPAM, com base nos sinais que recebe de seu proprietário. Do ponto de vista do profissional de marketing, é importante que haja mais sinais positivos do que negativos.

Sinais positivos que aumentam sua capacidade de entrega – O correio foi aberto: É óbvio que, para quem abre um email, é importante qual será o seu conteúdo. Em conexão com o acima exposto, é muito importante enviar apenas o conteúdo que interessará aos destinatários. O papel do profissional de marketing é também verificar, por exemplo, por meio de testes a/b, qual remetente irá interagir melhor com uma lista específica de destinatários.

Se você está apenas iniciando uma conversa com novos destinatários, deve diminuir a distância entre você o máximo possível. Para obter bons resultados, use o nome do remetente, que será uma pessoa natural, ou uma combinação de nome e sobrenome com o nome da empresa. As pessoas têm muito mais confiança em pessoas específicas do que as empresas de email. Lembre-se de que um email é um dos lugares mais particulares que temos na Internet.

Se você já sabe qual remetente é mais convincente para seus destinatários, concentre-se em otimizar o assunto da mensagem e o prazo em que você envia suas campanhas. Lembre-se de que o título do e-mail é uma das primeiras informações às quais seu destinatário prestará atenção, se for intrigante o suficiente para solicitar que você leia a mensagem.

Brasil ganha medalhas em Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica

A 13º Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica que foi realizada na Hungria proporcionou ao time brasileiro três medalhas de bronze, além de duas menções honrosas. Ao todo, foram 254 estudantes disputando por uma medalha na Olimpíada, que correspondem a 47 países. Para chegar aos finalistas, os participantes tiveram que passar por várias provas, dentre elas teóricas e práticas com análises de dados.

A última edição do evento terminou no dia 11 de agosto de 2019. No grupo de estudantes brasileiros haviam duas meninas. De acordo com as notícias divulgadas pela organização responsável pela competição, este ano contou com a maior participação feminina para o time do Brasil. Uma delas ainda conquistou o bronze nesta última edição, algo que não ocorria entre as participantes desde 2013.

Entre os prêmios que foram distribuídos aos estudantes brasileiros, Luã de Souza Santos (17 anos), Giovanna Girotto (16 anos) e Raul Basilides Gomes (17 anos) ganharam a medalha de bronze. Já as menções honrosas foram dadas a Lucas Shoji (16 anos) e Bruna Junqueira de Almeida (16 anos).

O time brasileiro de cinco estudantes que disputou as Olimpíadas deste ano foi escolhido a partir de 100 mil participantes que disputaram a OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica). Desse total, mais de 5 mil participantes chegaram até a terceira prova online. Porém, apenas 150 candidatos foram classificados para as provas presenciais.

Após passar na prova presencial, os 30 candidatos mais bem colocados tiveram que passar por dois treinamentos de caráter classificatório e uma semana com astrônomos para concluir um treinamento intensivo.

O treinamento preparatório dos candidatos às Olimpíadas Internacionais aconteceu em São Paulo através de grupos de estudos, observação do céu noturno, oficinas de atividades, resolução de exercícios, lançamentos de foguetes construídos com garrafas PET e até mesmo provas simuladas.

A Olimpíada Brasileira que classifica os candidatos para a Olimpíada Internacional é destinada aos alunos do ensino fundamental e médio de escolas públicas e particulares em todas as regiões e estados do país, incluindo o Distrito Federal. Nesta última edição da OBA, houve um recorde de inscritos no programa, chegando ao total de 883.811 estudantes inscritos de 9.957 escolas do país. Para a elaboração e realização de toda a OBA no país, 61.959 professores prestaram auxílio nas escolas brasileiras.

COMO ESCREVER NO INSTAGRAM: TRUQUES DE UM VERDADEIRO REDATOR

Quais são as regras para escrever no Instagram como redator de mídia social? Aqui está uma série de dicas eficazes para criar legendas eficazes para suas postagens. E não só isso.

Você precisa de um profissional para trabalhar no Instagram Copywriting? Depende, se você quiser tirar o máximo proveito do seu perfil, talvez sim. Porque é verdade que nesta rede social as imagens são decisivas. Mas gerar uma boa legenda é importante.

Como escrever para o Instagram – Simples, a combinação de texto e imagens cria uma narrativa eficaz. Visual e notícias sempre viajaram juntos, permitindo-nos atingir o alvo.

No texto você pode adicionar call to action, inserir uma mensagem clara em suas postagens. Você quer prosseguir de forma aleatória ou trabalhar com as melhores dicas para o Copywriting do Instagram? Aqui estão os pontos essenciais de um trabalho adequado ao melhor autor de textos sociais.

As técnicas de copywriting de mídia social começam com essa pergunta: qual é o número recomendado de caracteres? No Instagram há um limite de 2.200 caracteres para a legenda das fotos, um número excessivo na maioria dos casos. A criatividade está na síntese, você sabe como me sinto sobre isso.

Mas existe uma duração ideal para escrever uma legenda efetiva? Evite textos excessivos, fique abaixo de 125 caracteres em princípio. Você sabe porque? Tente refletir sobre como você usa o Instagram: rolagem rápida e distraída. Se você permanecer nesse limite, poderá ter toda a legenda visível, sem interrupções, mas evite exagerar.

Não precisa ser um convite para escrever sempre textos curtos: tudo depende dos testes. Um post que tende a inspirar o público será curto, instrutivo e descritivo.

Conteúdos importantes sempre no começo-Os conceitos-chave devem estar em primeiro plano. Porque depois de 125 caracteres há um problema: o Instagram corta o texto com mais uma tag e tudo o que você escreveu está oculto. Para ser visto, você deve clicar em um link extra.

Copywriting Instagram e tom de voz – A marca precisa de uma identidade e isso acontece de diferentes formas, através de visual e texto. Um trabalho de copywriting social sabe que tem que ser feito para desenvolver um tom de voz que represente o usuário. Quais são os valores que tenho que transmitir com cópia? Como eu quero interagir e ser reconhecido pelo público?

O que é a comunidade no processo de construção de uma marca pessoal?

Só a criação de imagens, mesmo a melhor, nunca é suficiente para usar plenamente o potencial que pode ser apresentado em um mercado mais amplo. Para chegar à atenção dos destinatários, é importante destacar-se e marcar sua presença de forma consistente.

O que os mestres de marcas pessoais fazem para permanecer no topo?

Construir uma marca pessoal não é um ato criativo único – É significativo que muitas vezes as pessoas que querem criar sua marca pessoal pensem que é um ato criativo único. Enquanto isso, a prática de pessoas que transformaram com sucesso suas carreiras de baixa para alta tem uma coisa em comum. Esse recurso é perseverança em ação.

Parece um pouco banal, mas não é nada trivial. Esse esforço é expresso em centenas de horas de trabalho e é caracterizado por baixa “espetacularidade”. Assim, pode até parecer um pouco chato, especialmente quando visto de fora.

Então, o que é uma comunidade para uma marca pessoal? Um especialista que queira desenvolver sua marca pessoal deve contar com a necessidade de construir um círculo de pessoas para que seu nome seja conhecido por um público mais amplo.

A comunidade para uma marca pessoal é uma enorme alavanca que multiplica seu alcance. Esta é uma suposição muito importante e sua implementação é amplamente responsável pelo sucesso final da estratégia implementada.

Além da atividade de alcance extremamente importante, as comunidades desempenham muitas funções importantes, incluindo elas constituem uma espécie de credibilidade para um dado especialista como fonte de informação de alta qualidade (curador de conteúdo). No grande volume de dados e notícias muitas vezes conflitantes, essa pessoa que goza de grande reputaçãocomo fonte de informação torna-se naturalmente uma líder de opinião. Ele ganha influência – ele se torna um influenciador.

Quando essa influência começa a se expandir, aparecem pessoas que começam a seguir a fonte da qual extraem conhecimento e compartilham com amigos que, intrigados pelas recomendações, um dia começam a extrair conhecimento de tal fonte de informação para si mesmos.

Isso não significa, no entanto, que, como marca pessoal, você deve ter a aspiração de ter uma comunidade como uma celebridade cujos fãs são contados em centenas de milhares. Para especializações estreitas e atividades de nicho, algumas centenas de pessoas são suficientes.

Sequências de grandes sucessos ficam abaixo do esperado por Hollywood

Com a chegada do verão no Hemisfério Norte, teve início a temporada de grandes lançamentos do cinema, pois essa é uma época prestigiada do ano e quando alguns dos filmes mais aguardados chegam as telonas. No entanto, em 2019, algumas das sequências e remakes que eram uma grande aposta de Hollywood acabaram com um desempenho aquém do esperado.

 

A receita de alguns longa-metragens arrecadou dezenas de milhões de dólares a menos do que diziam as estimativas. Nesse grupo de filmes, estão o desenho animado “A Vida Secreta dos Bichos 2”, da Universal Pictures, a ficção científica “X-Men: Fênix Negra”, dos estúdios Walt Disney, e a fantasia “Godzilla II: Rei dos Monstros”, da Warner Bros.

No entanto, apesar destes filmes estarem entre os lançamentos mais comentados do verão, os principais longas da temporada não decepcionaram e conseguiram bons números nas bilheterias, como “Homem-Aranha 2: Longe de Casa” e o live action do “Rei Leão”.

Sites norte-americanos especializados em notícias sobre cinema indicam que a nova versão de “O Rei Leão”, dublada por nomes como Beyoncé Knowles e Donald Glover, já acumulou mais de US$ 1,2 bilhão nas bilheterias mundiais, após menos de um mês em cartaz. Já o longa “Homem-Aranha 2”, parceria de sucesso entre a Sony e os estúdios Marvel, conquistou pouco mais de US$ 1 bilhão a nível mundial em cinco semanas de exibição.

De acordo com o analista da B. Riley FBR, Eric Wold, mesmo com tantas sequências tendo ficado abaixo do esperado, ainda existe a expectativa de que o cinema de Hollywood tenha um aumento nos lucros no balanço de 2019, com chances de obter um recorde inédito. Porém, apesar dessa perspectiva, é indiscutível que os espectadores estão mais exigentes, especialmente quando se trata da onda interminável de sequências que tem tomado Hollywood.

Segundo o analista da Exhibitor Relations, Jeff Bock, atualmente, com a grande concorrência dos serviços de streaming, as pessoas estão mais seletivas ao decidir ir ao cinema. Portanto, é inevitável que as sequências e os remakes tenham que alcançar um padrão elevado para se destacar em meio a todas as alternativas de entretenimento de qualidade que o público tem acesso.

Ministério da Saúde divulga cobertura de 90% da vacinação contra gripe

O Ministério da Saúde informou ao final de junho de 2019 que a vacinação contra gripe em todo o país chegou a 90% de cobertura, o que é um nível muito bom para a imunização contra a doença. De acordo com as notícias divulgadas pelo ministério, 53,5 milhões de pessoas que pertencem ao grupo prioritário receberam a vacina contra gripe, além de outras 5,6 milhões de pessoas que também foram imunizadas durante a campanha nacional. Embora os registros mostrem que a meta nacional foi atingida, vários estados do país e integrantes que compõem o público-alvo não fazem parte dos 90% de cobertura.

Os dados divulgados pelo ministério mostram que crianças, gestantes, pessoas com comorbidades, professores das forças de segurança e população com privação de liberdade, não atingiram 90% de cobertura conforme era esperado pelo órgão de saúde. Dentre esses cinco públicos-alvo da campanha, os professores das forças de segurança foram os que ficaram mais distantes da meta de cobertura, atingindo apenas 48,5% da população.

Já os trabalhadores da saúde, indígenas, puérperas, idosos, funcionários e professores do sistema prisional atingiram a taxa de cobertura estipulada pelo governo ao longo da campanha de vacinação contra gripe. No caso desse público-alvo, a campanha de vacinação terminou no dia 3 de junho deste ano.

Até o dia 1º de junho de 2019, o governo registrou um total de 1.560 casos de gripe do tipo influenza. Desse total de casos, 281 pessoas morreram por causa da doença. Os dados ainda mostram que do total de casos, 1.274 pessoas apresentaram o subtipo identificado da seguinte forma: 150 casos eram de influenza B e 844 casos eram de H1N1, H3N2, 211, influenza A e 69.

Quando comparado com o ano passado, em 2019 menos pessoas morreram por causa da gripe. Em 2018, a gripe matou 335 pessoas até o dia 1º de junho. Porém, houve um número maior de pessoas infectadas com o vírus H1N1este ano quando comparado com 2018. Em 2018, o vírus H1N1 tinha relação com 65% de todas as mortes causadas por gripe no país até o evento chamado de Semana Epidemiológica 21. Já em 2019, houve um avanço de 10 pontos percentuais nessa mesma comparação.

Asus prepara lançamento do ROG Phone II

Boas notícias para os aficcionados em games pelo smartphone. A Asus pretende lançar o ROG Phone II, uma nova versão do sucesso ROG Phone, destinado ao público gamer. Conheça mais sobre o futuro lançamento da empresa Taiwanesa.

O novo dispositivo será mais do que uma atualização e promete ser um dos mais potentes do mercado. Destinado aos gamers, o smartphone se destaca pela tela OLED de 6,59 polegadas e uma surpreendente taxa de atualização de 120 Hz. A promessa é que as transições de tela não sejam perceptíveis ao olho humano. A taxa de amostragem para o toque é de 240 Hz, que de acordo com a fabricante é a mais baixa do mercado e apresenta uma latência de toque de 49 ms.

A capacidade de processamentopromete surpreender, principalmente pelo processador Snapdragon 855 Plus, o mais atual produzido pela Qualcomm e o primeiro focado na temática gamer. Em relação ao modelo anterior, sua capacidade de processamento é 15% maior.

Para dar suporte, o ROG Phone II terá 12 GB de RAM e capacidade de armazenamento interno de incríveis 512 GB. Ele também conta com um sistema interno de resfriamento que incluem uma câmara de vapor para circulação de ar, o que evita altas temperaturas durante o uso.

Entre os demais atributos do dispositivo está o sistema de câmeras duplas, sendo a principal de 48 Megapixels e a auxiliar de 13 Megapixels, proporcionando um ângulo mais amplo. Ainda há uma câmera frontal de 24 MP. Também será incluso um kit de acessórios para jogos como o novo gamepad (denominado Kunai) semelhante ao Nintendo Switch. Trata-se de um controle dividido em duas partes para se conectar às laterais do aparelho.

O lançamento do ROG Phone II está previsto para o início de Agosto, inicialmente em Taiwan e depois para países da Ásia e Europa pelo preço inicial de US$ 899 (Cerca de R$ 3362,26, na cotação atual sem impostos). Haverá uma pequena diferença entre a versão do país de origem para as exportações. Ainda não há previsão de chegada ao Brasil.

Trump anuncia aumento de tarifas para 25% em produtos importados da China

O governo dos Estados Unidos anunciou no dia 5 de maio de 2019 que as tarifas sobre os US$ 200 bilhões de produtos chineses importados anualmente aumentarão para 25%. O anúncio foi feito pelo presidente dos Estados Unidos Donald Trump.

De acordo com o presidente, que divulgou notícias e outros dados sobre o aumento das tarifas em suas redes sociais, anteriormente ao anúncio as importações de produtos tecnológicos até US$ 50 bilhões tinham tarifa de 25%. No entanto, quando o valor alcançava os US$ 200 bilhões, as tarifas eram reduzidas para uma cobrança de 10%. Ainda nas redes sociais, Trump informou: “As tarifas irão de 10% até 25% ainda nesta sexta-feira”. O dia em que Trump estava se referindo era o dia 10 de maio deste ano. Trump também lamentou nas redes sociais que as negociações comerciais entre os Estados Unidos e a China estão avançando lentamente.

Desde que Trump se tornou presidente ele alega que a China tem gerado há anos o chamado “déficit comercial”, que é o desequilíbrio entre o volume exportado e importado pelo país. De acordo com Trump, a China tem proporcionado esse desequilíbrio através do roubo de propriedade intelectual, alegando que o país asiático viola segredos comerciais de companhias americanas, tornando a disputa comercial com o restante do mundo desleal.

Considerando essas alegações, Trump criou até mesmo uma campanha para combater os produtos comercializados com o selo “made in China”. Como resposta, vários países aderiram ao protesto contra produtos falsificados.

Para aliviar o déficit comercial, o governo americano tinha estabelecido uma meta de redução de US$ 100 bilhões de produtos importados da China. Tudo isso para reduzir o rombo da economia americana calculado por Trump de US$ 500 bilhões de produtos importados do país asiático. No entanto, há controvérsia sobre os dados divulgados por Trump. Na opinião da China, o rombo chega a US$ 275,8 bilhões todos os anos. Já nos dados oficiais divulgados pelos Estados Unidos o rombo é de US$ 375 bilhões por ano.

Neste ano, os Estados Unidos já tinham anunciado tarifas no valor de US$ 50 bilhões sobre a importação de 1,3 mil produtos do país asiático. O anúncio feito em abril deste ano informou que as tarifas seriam cobradas por causa da violação a propriedade intelectual. A China respondeu à taxação impondo tarifas de 25% em relação aos 128 produtos que são importados dos Estados Unidos, o que inclui carne, carros, soja, aviões e produtos químicos.

Quando o trabalho criativo é rejeitado

Todo mundo espera aproveitar sua criatividade, todo mundo quer sentar uma hora por dia atrás de uma mesa para justificar viagens para o mar e caminha na floresta. Você tem que recarregar as baterias, ou passar o bloco do escritor. Na realidade, o trabalho criativo deve superar uma série de problemas.

Problemas que não dizem respeito apenas ao aspecto econômico, mas também à organização de negócios com os clientes. Não criamos tabelas com base em um modelo predeterminado: trabalhamos com ideias. O cliente nos pede algo – uma manchete, um nome, um pagamento, um logotipo ou um gráfico – e devemos propor.

Precisamos dar nossa contribuição que pode e deve ser avaliada. Estamos no mundo das hipóteses, gostos, possibilidades. Criar um slogan não significa executar uma operação matemática com um resultado certo ou errado: o cliente pode recusar e devolver o trabalho. Você pode fazer isso?

Claro. Ele está em seus direitos, ele pode e deve fazê-lo. Você tem que ser o único a colocar todas as ferramentas no lugar para otimizar o tempo, as etapas e os saldos do trabalho criativo. Como? Aqui estão dicas essenciais para obter o máximo sem perder tempo. E talvez ganhe mais com trabalho criativo.

A importância da rejeição – Antes de começar, quero enfatizar um ponto: a recusa do cliente está na ordem das coisas. É seu direito fazê-lo, especialmente quando ele discute os pontos. Os trabalhos são assim, pegar ou largar. Não há resultado a priori, você tem que criar a alquimia certa. Uma alquimia que ninguém explica, não há livros que ilustrem esse ponto.

Só posso dizer que o cliente não pode prosseguir indefinidamente em direção ao desperdício contínuo. Mas certamente pode desafiar – com educação e bom senso – o primeiro emprego. Cabe a você transformar este momento em uma fase de crescimento e, acima de tudo, limitar o dano o máximo possível.

Encontre o máximo de informação possível – O primeiro ponto é essencial: você precisa encontrar o máximo de informações possível. No sentido de que você tem que colocar o cliente sob pressão, você precisa conhecer os valores, os objetivos, a própria essência da empresa. Você não pode continuar cegamente, trabalhando sem um parâmetro ou uma linha.

Trabalhar para blogueiros

Procurando trabalho como um blogueiro pago, você quer ganhar dinheiro com sua paixão. Você quer tornar suas habilidades lucrativas: boa redação. Claro, não é fácil no começo e tudo começa com um simples diário online. Um espaço onde você reúne suas idéias. Então, lentamente, tudo toma forma. E abra um blog profissional.

Compre uma hospedagem WordPress e um domínio, faça o upload do CMS e crie uma plataforma para publicar seus artigos. Mas agora você quer ganhar dinheiro com o blog. Você quer aproveitar ao máximo o que aprendeu, mas o começo é difícil. Sempre e para todos. E então você começa a navegar pelas páginas: procurando por blogueiros pagos, procurando por blogueiros de moda, blogueiros de culinária, blogueiros de viagens. Mas o que são anúncios de emprego sérios?

Antes de começar a olhar anúncios de emprego com “bloggers pagos queridos” é certo ajustar o tiro. Primeiro de tudo, sugiro que você faça um mínimo de marca pessoal.

E então otimizar tudo relacionado ao seu perfil público: você ainda não é um blogueiro profissional, mas precisa se apresentar como tal. Website, blog, contas sociais como Facebook e LinkedIn: essas plataformas devem estar alinhadas e otimizadas.

As pessoas chegam ao seu perfil no Facebook e precisam entender que são confrontadas com uma pessoa que mastiga pão e escreve todos os dias. Então você tem que acompanhar as ofertas de emprego que oferecem trabalho para o colunista em casa ou no escritório. Como? Use os Alertas do Google, insira a palavra-chave de seu interesse (como um blogueiro de moda queria, procure um blogueiro de viagens e procure por blogueiros de culinária) e leia seu e-mail. Os relatórios virão com a lista de links de anúncios dedicados.

Você quer encontrar trabalho como blogueiro? Assumir a situação e não depender de quem tem que passar pelos trabalhos. Você não precisa procurar clientes. Eles devem estar vindo para você. Apenas para começar. Se você continuar perseguindo o “trabalho desejado, blogueiros sérios, pagos e caseiros”, corre o risco de permanecer em um círculo vicioso. O caminho a seguir? Continue fazendo a bagunça, mas enquanto isso, alimente seu blog. Seu projeto e seus negócios. Faça crescer e encontre clientes sem o suporte de sites.